Novela

Irene também pode pagar por um crime que não cometeu

Mais uma personagem da novela A Favorita  pode pagar por um crime que não cometeu. Desta vez, Flora vai armar para cima de Irene, com a estratégia de colocá-la contra a própria família.

Ao descobrir que Gonçalo toma um remédio fortíssimo para controlar a pressão, a vilã decide trocar as pílulas por comprimidos de farinha. Isso tudo, claro, sem deixar vestígios. Assim, Flora arma, com a ajuda de Silveirinha, para que o milionário tenha uma crise de hipertensão e morra, de repente. Só que na hora que Gonçalo vai procurar o remédio e não o acha, ele pensa que foi Irene quem escondeu. Pior: ele acredita que a mulher está querendo matá-lo para ficar viúva e voltar a namorar Copola, exatamente como Flora queria que acontecesse.

Gonçalo fica desesperado e passa a acusar a mulher na frente da família e dos empregados. Enquanto isso, Flora faz com que Lara descubra que a avó deu um beijo em Copola.

A informação levanta a suspeita da estudante. A história acaba se espalhando como rastilho de pólvora, ficando cada vez mais difícil para Irene provar sua inocência.

Apesar de os capítulos ainda não estarem escritos, aposta-se, nos bastidores, que a intenção do autor é fazer com que Irene passe pelo mesmo que Donatela: seja presa por um crime que não cometeu.

Será que Flora escapará ilesa de mais esta armação e todos os seus crimes só serão descobertos no último capítulo?

loading...

Sobre o autor

joliviere

Deixe um comentário